Estranheza

Existe algo que não consigo explicar. Há algo escondido bem próximo de mim e que desconheço. Parece ser uma voz eloquente que susurra para mim ... Parece que anseia bradar mas sua presença é de uma estranheza que espreita-me continuamente soando um distante farfalhar. Também há muitas coisas que devo dizer, mas por vezes, me … Continue lendo Estranheza

Um triste final

Já era quarta-feira 4:00 da tarde. Eu estava ansioso por esse momento. Eu tinha chamado a garota por quem eu estava apaixonado pra sair!Enfim, fomos tomar sorvete, foi uma tarde agradável. Ela me contava sobre a vida dela, eu contava sobre a minha.Desfrutávamos da companhia um do outro. Não aguentava ficar sem olhar para ela … Continue lendo Um triste final

Rotina no porto

Na travessia da fronteira o controle aduaneiro. Ao longo do rio Uruguai era presente o clima quente oceânico do mês de janeiro. Sentado por entre as caixas baixas eu via: inúmeros pontos de passagem, balsas, pessoas com passos lentos ou apressados e tantas mercadorias... Atracação de barcos com suas muitas singularidades que passam despercebidas, ao … Continue lendo Rotina no porto

Adormecer

Não consigo adormecer. Só pesadelos e sonhos lúcidos sem adormecer ... Sinto frio. Foi pouco antes de esquecer de uma velha e amorosa lembrança que me é recorrente, ouvi som de passos arrastando correntes. Só pesadelos e sonhos lúcidos sem adormecer ... Imensurável saudade daquele quintal alegre de minha infância livre de dores, céu cinza … Continue lendo Adormecer