Contemplo

Entre meu nascer e morrer, contemplo ainda até hoje em meio a tanta chuva, sol e ventania, esse breve intervalo entre as duas tragédias do existir: a primeira foi para quem já estava; a segunda para os que hão de ficar. Toda a vida é uma morte.

Um comentário em “Contemplo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s